Pixel do facebook

Quantas vezes a entrega do seu site atrasou porque você e o desenvolvedor não se entendem? Se você passou ou passa por isso, este artigo é para você. Portanto leia cada tópico com atenção e domine a parte essencial desse vocabulário.

É muito comum você solicitar alguma alteração no seu site o programador não entender, e mais comum ainda é ele explicar as coisas de uma forma que você não entende. Isso se deve muito ao fato de que, primeiramente vocês veem o projeto de maneiras muito diferentes. Como cliente e usuário o seu foco está na navegação, na aparência das coisas e, acima de tudo, nas questões pertinentes ao negócio que o site suportará.

Já o desenvolvedor do seu site está preocupado com desempenho do código, que as coisas funcionem de maneira integrada, que mudanças no layout não interfiram em outras rotinas pré-programadas e por aí vai.

Sendo assim a melhor forma de vocês se entenderem é alinhando a comunicação e por isso você deve saber o essencial a linguagem de desenvolvimento conforme ensinamos a seguir.

Saiba o nome das regiões do seu site

Não conseguir explicar quais áreas do seu site você quer alterar é um complicador da comunicação, possivelmente o mais comum.

Talvez você acredite que dizer “aquele quadro na parte de baixo” deixe claro ao que está se referindo. Contudo aquele quadro se chama rodapé e na tela, a maioria das regiões se parecem com quadros.

Então se você quer evitar esse tipo de erro, observe a imagem a seguir explicando os nomes das principais áreas de um web site.

  Área superior do site Guia-se Bela Vista

Usando prints de nosso próprio site como exemplo: links superiores formam o menu, as imagens passantes são banners rotativos. Ademais, em nosso caso, temos um link do Whatsapp que flutua na lateral direita de nossas páginas.   

     Seção sobre Guia-se Bela Vista

Todos os sites são estruturados em seções, ou seja, blocos de conteúdo que tratam de forma coesa os subtítulos de cada página. A primeira seção onde habitualmente estão menu e logotipo chamamos de Cabeçalho. A última seção onde geralmente ficam informações de autoria e contato chamamos de rodapé. 

        Grade de posts Guia-se SP Bela Vista

Uma estrutura bem conhecida é a grade de posts presente em sites que incluem um blog. Normalmente a grade dispões os posts em linhas e colunas trazendo assim a foto de capa, o título, e os metadados (data, categorias e tags relacionadas). Além disso a grade também pode apresentar um resumo como introdução e um link leia mais.

           Estrutura de um post no site Guia-se Bela Vista

Quando acessamos um post ou página interna é assim que chamamos as páginas que não são a inicial (home) uma nova estrutura se apresenta. Tal estrutura, por via de regra, tem o cabeçalho e rodapé padrão do site, o titulo da postagem, uma imagem de capa destacada na parte superior e conta ainda com uma barra lateral com links relacionados.

Ainda no caso de nosso site, destacamos que a barra lateral (muito referenciada como sidebar) possui um campo de busca para encontrar mais conteúdo no site.

Quase lá!

Até agora você aprendeu sobre a estrutura básica de um site, contudo, para conversar com os programadores, ainda há termos técnicos que você precisa conhecer e os listamos logo abaixo.

Alguns termos técnicos sobre seu site

Claro que conhecer a estrutura do seu site é importante, no entanto ainda é necessário ter uma noção de outros termos que também contam na hora da conversa. No vocabulário abaixo, traduzimos alguns deles para você:

Browser Embora o termo pareça meio estranho para pronunciar, nada mais é que o programa que você usa para navegar na internet. Como exemplos de navegadores temos Google Chrome, Mozilla Firefox, Opera e Safari.

CSS Um acrônimo para Cascading Style Sheet (folhas de estilo em cascata), refere-se aos códigos em arquivos que controlam o layout do seu site. Sendo assim, cores, tipografia, tamanho, animações e outros aspectos são controlados no css.

FTP File Transfer Protocol (protocolo de transferência de arquivos) é uma tecnologia muito usada para enviar e baixar lotes de arquivos vídeos, fotos, códigos dos servidores onde está hospedado o seu site. Portanto é importante você guardar os acessos FTP: endereço do servidor, usuário e senha. Tais informações são fornecidas pelo provedor de hospedagem.

HTML Hypertext Markup Language (linguagem de marcação de hipertexto) é a linguagem dos códigos fundamentais que definem a estrutura básica de seu site, ou seja, onde são inseridas as imagens, os textos, os vídeos etc. Além disso é sobre o código HTML que CSS e Javascript agem para controlar apresentação e funcionalidades das páginas na internet.

Javascript Refere-se aos códigos que controlam a programação do seu site em vários aspectos, por exemplo: cálculos, funcionalidades de arrastar e soltar bem como galerias de fotos e outras.

PHP Hypertext Preprocessor é a linguagem de programação mais comum para estruturar seu site dentro de um servidor. Além de muito usada para construir sites avançados, conectados a bancos de dados e outras plataformas, a linguagem ainda é segura e amplamente adotada na comunidade de desenvolvimento.

Conclusão

Por fim você sabe o essencial sobre a estrutura de um site e tem recursos para entender seus programadores. Entretanto, há muito a explorar sobre criação de sites e por isso oferecemos uma análise gratuita de nossa equipe em seu site: