Pixel do facebook

Dizem que campanhas na internet são caras. Os conhecidos que anunciaram no Google confirmam que é caro. Você achou a proposta da agência cara. Mas e se o seu conceito de caro puder ser reformulado? Você se dispõe a aprender algumas dicas simples e rápidas?

Então mergulhe nos próximos capítulos desse texto e descubra como economizar em suas campanhas de links patrocinados.

1 – Entenda a tabela de preços e os fatores envolvidos

Em primeiro lugar, se tratando de links patrocinados na busca do Google, você deve entender como funciona a precificação. Além disso, deve compreender o ranqueamento dos anúncios. Para saber mais, leia com atenção os próximos parágrafos.

Talvez você já deva ter ouvido falar que o Google opera um leilão de palavras e também quem paga mais, aparece mais. Leilão de palavras sim, entretanto, não basta só pagar muito para anunciar bem. Todavia observe a tabela a seguir com dados extraídos do Keyword Planner, a principal ferramenta para quem está planejando uma campanha na internet.

Palavra-chaveMédia de
Pesquisas Mensais
ConcorrênciaLance
menores valores
(Custo por clique)
Lance
maiores valores
(Custo por clique)
frete mudança sp10-100AltaR$2,49R$2,92
frete mudança são paulo10-100AltaR$2,70R$6,45
frete de sao paulo100 – 1 milBaixaR$0,32R$1,53
frete sp1 mil – 10 milBaixaR$0,75R$3,26

Embora pareça superficial, concluindo uma primeira análise, pode ter gente pagando caro por palavras pouco pesquisadas. Note que a frase “frete mudança são paulo” tem uma alta concorrência e pagam CPC de até R$6,45 para média mensal de até 100 pesquisas. Porém “frete sp” tem de 1 mil a 10 mil buscas mensais e as pessoas pagam no máximo R$3,26.

Confira as ferramentas gratuitas para encontrar as palavras-chave ideais.

É aí que a campanha sai cara. Os mesmos R$6,45 por clique aplicados em palavras mais buscadas e de baixa concorrência permitiriam alcançar muito mais gente. E mais: numa posição melhor. No entanto os anunciantes estão “distraídos” com um planejamento provavelmente defasado.

Em nenhum momento dissemos que fazer uma campanha econômica é simples, e ainda tem mais coisas. Portanto atente-se a mais um fator explicado a seguir.

Além do leilão

Preste atenção aos links patrocinados no resultado de busca a seguir.

Exemplos de resultados de busca com campanhas na na internet. Primeiro Link Patrocinado: Serviço de Mudanças | Faça o seu orçamento. Mais de 30 anos realizando mudanças de qualidade. Link Patrocinado 2: Carretos e Mudanças em Sp | Atendimento 24 horas | Guarda-móveis. Mais de 15 anos no mercado de mudanças. Receba orçamento grátis via whats. Link Patrocinado 3: Contratar Carreto para Mudança | receba até 3 orçamentos em 24h. Na getninjas, você conta o que precisa e indicamos carretos perto de você.

Aparece em primeiro lugar o anunciante que pagar mais e corresponder melhor à busca do cliente e tiver a o site de destino mais rápido e coerente. Sendo assim você compreende que não é só pagar o valor mais alto pelas palavras. Isso porque o concorrente pode gastar menos e ainda assim aparecer acima se ele tiver um anúncio mais coerente.

Essa é uma das sacadas para economizar: aposte em palavras mais buscadas, menos concorridas e otimize a qualidade do seu site organicamente.

Só para você ter uma ideia de erros básicos que alguns anunciantes cometem: alguns links direcionam o cliente para páginas de erro de servidor. Dessa forma a pessoa está pagando por clique e nem testou a página de destino. Vimos isso em um anúncio de escritório de advocacia conhecido na região do Vale do Paraíba (SP).

Agora que aprendeu os conceitos de leilão e qualidade do anúncio, sabemos que você não vai errar nesse aspecto. Contudo existem outras formas de economizar em campanhas na internet. Quer ver?

Então continue lendo esse texto até o fim para pegar todas as dicas.

2 – Escolha bem o público e negative as palavras com sabedoria

Um grande pecado financeiro é não segmentar corretamente o público no painel de controle do Google. Outra falha tão grave quanto, é deixar de negativar palavras-chave que não se relacionam com seu negócio. Como assim? Explicamos a seguir.

Se você só atende em São Paulo, à primeira vista não tem sentido o seu anúncio aparecer em Recife. Além do mais, se você vende apenas calçados femininos em Porto Alegre, não faz sentido a busca “sapatos masculinos em manaus” estar levando até você.

Parece óbvio, mas mesmo assim tem gente pagando por cliques e impressões que impactam o público errado. Sendo assim, mais uma vez é aí que a campanha fica cara: você paga pelo clique e o usuário não compra.

Dessa forma, para evitar essa frustração você deve estar sempre acompanhando o desempenho de suas campanhas na internet e no painel do Google Ads, negativar os termos de busca “errados”.

Usuário negativando palavra-chave no painel do Google Ads

Embora muito tenha sido feito feito, ainda é necessários restringir a região.

Escolhendo locais para veicular campanhas na internet dentro do painel do Google Ads

Até aqui abordamos dois tópicos essenciais para quem quer otimizar seu investimento em campanhas na internet, no entanto, há mais um assunto que preparamos para você. Sendo assim, avance nessa leitura até o final e descubra.

3 – Acompanhe as mudanças em suas campanhas na internet

O planejamento que você fizer hoje, daqui um mês – ou menos – tem que ser revisto. Portanto verifique o planejador de palavras-chave mais uma vez, descubra novas palavras no Search Console para incluir ou negativar e estude o comportamento do usuário no Analytics.

Além disso existem ferramentas gratuitas como o Google Trends que te permitem antecipar tendências de busca. Assim você pode investir um valor mais baixo em palavras pouco concorridas e que ainda serão valiosas.

Painel do Google Trends comparando tendências de busca para as palavras-chave técnicas de SEO e aspectos de SEO.

 

Aprenda mais sobre Campanhas na Internet

Nesse artigo você aprendeu como economizar ao investir em links patrocinados no Google. Outrossim, queremos que você entenda que cara é a campanha mal planejada e mal gerenciada.

Pode ser que não seja você quem administra seus anúncios, entretanto, a partir de agora já tem critérios para medir a qualidade de suas campanhas.

Conte com a Guia-se para uma análise profissional.